Janeiro de 2024, o mês que iniciou o ano, ganhou um título nada agradável, o mês mais quente já registrado na história. Essa informação foi divulgada pelo Serviço de Mudanças Climáticas Copernicus (C3S), da União Europeia. O mês superou o próprio recorde do ano anterior, 2023, colocando em evidência a questão do aquecimento global em consequência das ações humanas.


O fato alarmante vem após o mundo registrar 2023 como o ano mais quente já registrado desde 1850. Este recorde foi impulsionado pelos impactos de mudanças climáticas humanas e o fenômeno climático El Niño.

O que é o El Niño?

O El Niño é um fenômeno climático que ocorre quando há um aquecimento das águas superficiais no leste do Oceano Pacífico, resultando em um aumento das temperaturas globais. Em 2023, todos os meses desde junho foram os mais quentes já registrados quando comparados com o mesmo mês nos anos anteriores.