Morreu nesta sexta-feira (5) Nicole Junqueira de Carvalho, de 19 anos. Ela estava internada em estado grave desde o dia 10 de dezembro, após o carro em que estava capotar e atingir um poste às margens da BR-369, em Londrina, no norte do Paraná.



Ela era mãe da bebê de um ano que morreu no mesmo acidente após ser arremessada do veículo, que era conduzido pelo marido de Nicole.



A Delegacia de Trânsito está investigando as circunstâncias do acidente.

Câmeras de segurança registraram o veículo da família ao lado de outro carro, ambos em alta velocidade.


Uma perícia confirmou que eles estavam a mais de 140 km/h. No trecho, que é urbano, o limite é de 70 km/h.

Conforme Edgard Soriani, delegado responsável pelo caso, o motorista do outro veículo foi identificado e ouvido.

"Havia a possibilidade de um racha e os investigadores da delegacia conseguiram identificar qual seria esse segundo veículo que aparece nas imagens", afirmou.

De acordo com Soriani, o outro motorista afirmou que parou no semáforo, quando um outro veículo, com vidros escuros, parou ao lado dele. A princípio, este segundo veículo seria o que estava a família.

Depois de o sinal abrir, o primeiro veículo partiu e o outro passou a seguir pela traseira dele e acelerar.

O motorista disse à polícia que ficou com medo de se tratar de um assalto e passou a acelerar. Porém, ao mesmo tempo, o outro carro continuou acelerando e em alta velocidade.

Segundo o relato, o veículo então saiu da traseira dele, o ultrapassou, e tentou entrar na frente do carro. Neste momento, conforme o motorista, o outro veículo perdeu o controle e capotou.


Fonte: g1 - Paraná