A carambeiense Jhennifer Oliveira Camargo, que atuava como goleira de um time de futsal na Espanha, morreu na sexta-feira (15) vítima de complicações de um tumor no cérebro.



Nascida em Ponta Grossa e criada em Carambeí, Jhenni, como era conhecida, tinha 26 anos e jogava na Europa há três anos.




Em fevereiro, foi diagnosticada com câncer e iniciou o tratamento.



Nas redes sociais, a jovem mostrava o amor por esportes e também pela religião.

Em meio a postagens de viagens, compartilhava momentos da carreira no futsal, o aprendizado no surfe e a adoração pelo Cristianismo.

Jhennifer Oliveira foi velada e sepultada na Espanha.



Carreira esportiva


Jhenni foi revelada como goleira em torneios em Carambeí.

Em 2016, foi contratada pelo São José Futsal, na categoria sub-17. Em 2018, foi uma das duas goleiras brasileiras indicadas ao prêmio de melhor do mundo no futsal e conquistou o quarto lugar.




Em 2019, subiu para o time adulto do São José Futsal e no mesmo ano foi Campeã Sul-Americana com a Seleção Brasileira sub-20.

Em 2020, se mudou para a Europa e começou a disputar a Segunda Divisão Espanhola pelo Rodiles, time da região da Galícia.

Em fevereiro de 2023, teve que deixar as quadras devido ao diagnóstico de câncer.


Fonte: g1 - Paraná