No início da tarde desta segunda-feira (04), a vítima de 68 anos, compareceu a Delegacia de Polícia, informando que após um desentendimento com o suspeito de 45 anos, este indivíduo teria investido em sua direção, portando uma faca, causando lesões na região das costas e pescoço, tendo sido dissuadido pela própria vítima, que utilizou um pedaço de madeira para desarmar o seu agressor.


Ato contínuo, o homem seguiu até sua casa, proferindo diversas ameaças de morte, pegou uma arma de fogo e voltou em busca da vítima, tendo realizado dois disparos na traseira do veículo em que a vítima dirigia, atingindo apenas a parte de trás do automóvel.


O fato teria ocorrido em uma Fazenda, Zona Rural de Castro, onde ambos os envolvidos são funcionários. 


De posse destas informações, a equipe policial, em diligências ininterruptas, dirigiu-se até o local dos fatos, cerca de 50 km da área urbana de Castro, onde logrou êxito em encontrar o suspeito, que ainda portava em sua cintura, a faca utilizada no crime, porém não foi localizada durante as buscas, a arma de fogo.  


A principal motivação do crime, seria que o investigado acreditou que o seu colega de trabalho, havia contado situações ocorridas em serviço ao patrão, o que o levou a praticar o crime.


O indivíduo foi autuado em flagrante pelo crime de tentativa de homicídio qualificado pelo motivo fútil - artigo 121, §2º, II, c/c art. 14, II, ambos do Código Penal, e posteriormente, encaminhado até a Cadeia Pública de Castro, onde permanece à disposição da Justiça.


A PCPR ressalta que a população pode auxiliar com informações que auxiliem nas investigações e localização de criminosos. 


As denúncias podem ser feitas de forma anônima, pelos números 181 do Disque-Denúncia ou (42) 99840-1110, diretamente à equipe de investigação.